TROCA ENERGÉTICA: DOE, RECEBA E FAÇA SUA LUZ BRILHAR

Há uma tendência em  todo e qualquer ser humano de se sentir grande demais. Sim, Todo e Qualquer e Grande demais; isso porque em cada ser humano existe o ego. Você pode até se perguntar se alguém com auto-estima baixa é conseqüência de ego grande. Com certeza, porque se esta pessoa se sentisse igual, ela não se sentiria diminuída. Por perceber que não é tão importante, tão valorizada quanto gostaria, quanto acha que merecia, é que seu ego diminui. Temos que nos trabalhar para perceber que não somos superiores e sim que somos todos do mesmo nível, todos temos: carne, ossos, espírito, temos o mesmo sistema vital e vamos todos morrer.

Com Humildade o que temos que entender é que apesar de iguais na mesma condição de seres  humanos habitando o planeta terra, cada um de nós tem características peculiares, diferentes e especiais, mas nem pior ou melhor do que ninguém, só única, como o ser humano único que cada um de nós é. Falta muitas vezes é o reconhecimento desta luz pessoal para fazê-la brilhar.

Quando falamos o termo vampirização, que nada mais é e nada menos é que, quem tem mais deu pra quem tem menos, isto não é questão de ser julgado ou visto como algo, ou alguém negativo. Aí entra a lei da física: o positivo (+) doa para o negativo (-), ou o inverso na mesma condição: o negativo (–) recebe ou pega o positivo (+) em busca do equilíbrio. Não é nem questão de que o bom doou para o que é mal, ou que o malvado vampirizou o bonzinho. É questão de que o que tem mais reservas entrou na lei da compensação com o que está sem reservas.

É o que acontece, por exemplo, quando dizem: “fulana tem o olho ruim, olhou pra minha planta e a secou.” …….Coitadinho do olho da fulana (rsrs) e pra ela a gente dá a seguinte receitinha: “pra olho gordo: colírio light.”(rsrs) Estão entendendo?! É querer ser grande demais dizer que o outro é tão pior que comigo a planta não seca e que com ele a planta seca.

Fisicamente (dentro da física e do físico mesmo) há a lei da compensação: quem tem mais doa pra quem tem menos. Alguns se abrem para doar mais, outros menos, alguns necessitam receber mais e outros menos. E isso acontece a nível energético. Só que às vezes a pessoa está tão aberta para, que doa além do necessário e conveniente para se manter ainda em equilíbrio (o que geralmente ocorre a nível inconsciente). E esse doar nem significa ter doado apenas para uma pessoa, mas para toda uma situação em geral. Isso é natural. E se formos pensar de forma ainda mais profunda, chega a ser lindo quando é feito com humildade, porque esta troca de dar e receber (mesmo inconsciente) é ato de amor.

Mas para esta troca (visível em atos ou invisível) ser mais equilibrada, é preciso que seja igualitária em alternância. Ou seja, hoje eu dôo, você recebe e fica feliz; amanhã, em gratidão, você me doa  ainda um pouquinho mais, e daí eu fico mais feliz… e continuamos a troca na proporção crescente e satisfatória.   Esta é a troca ideal, o que nem sempre ocorre e promove o afastamento das pessoas.

Em todo contato com outra pessoa, em toda convivência e relação a troca energética ocorre, inclusive e até principalmente na relação entre homem e mulher, onde há um enorme ato de amor que culmina com o sexo. Quer troca energética maior? Mas nesta convivência também, se um doar mais que o outro, se sentirá “vampirizado”, independente de o companheiro ser considerado “bonzinho”, “evoluído” e estarem unidos por amor visível.

O que precisamos para manter o equilíbrio  é estarmos abertos em proporções iguais tanto para dar quanto para receber; e ainda nos cuidar, nos “reabastecer” em fontes naturais de compensação. Com certeza todos conhecem e têm os seus mais variados métodos. Mas o mais natural e simples de todos é a Natureza. Daí é: pés no chão, muitas plantas a volta, mente vazia sem julgamentos, coração com luz, respiração profunda, água, banho etc, etc, etc.

Tudo em busca do equilíbrio pessoal que deve ser associado ao reconhecimento da sua luz pessoal especial, assim como a dos seus companheiros de convivência. E quando cada luzinha se conscientiza do seu lugar, do seu papel, da sua beleza e importância especial, sem julgamentos de bom ou mal, melhor ou pior, e vai se juntando a outras luzinhas de mesma consciência, então formam uma luz tão esplendorosa que ofusca todo mal, que cura e contagia a distâncias inimagináveis.

O universo opera através de trocas dinâmicas; é aí que a luz brilha. Façam brilhar suas luzes e juntas brilhem muuiiitoo, no AMOR!!!!!

2 Comentários »

  1. danni37 Said:

    Perfeito….

  2. mirianmenezes Said:

    Obrigada e felicidades …


{ RSS feed for comments on this post} · { TrackBack URI }

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: