CARNAVAL EM SÃO TOMÉ DAS LETRAS, UM LUGAR DE PODER

Tenho um desejo que ainda não foi realizado: passar carnaval em Salvador. Mas é incrível como sou afastada desse desejo e levada a lugares um tanto quanto exóticos nesta data. Ano passado eu escalei o Pico da Bandeira e este ano, com decisão realmente tomada somente no sábado, lá fui eu para São Tomé das Letras, no sul de Minas Gerais, realizar também um desejo de conhecer essa cidade tão misticamente comentada.

Acredito que geralmente sou atraída a lugares um tanto quanto de Poderes. Mas devo confessar que o meu impacto ao ver a cidade foi um pouco decepcionante. Isso por causa da grande exploração das pedras são tomé. E me questionei se o Poder do local estava mexido, se a natureza e seus elementais estavam felizes e em paz com toda aquela degradação da natureza.

Bem, de qualquer forma, foi uma viagem maravilhosa, num carnaval sem carnaval, pois em São Tomé o carnaval é comemorado antecipadamente. Mas a cidade fica cheia de pessoas de várias tribos, e das mais exóticas possíveis que vão ali para usufruir o que a natureza oferece de melhor: cachoeiras, grutas, visão do pôr-do-sol a 360° no ponto mais alto da cidade; além de outras atrações do artesanato local e de shows diversos, como o do famoso Ventania.

Curti tudo isso, da forma mais intensa que pude… (rsrs)

Uma das minhas curiosidades em São Tomé, foi conhecer a Gruta do Carimbado, da qual tecem rumores de ser conectada ao Machu Picchu, como menciona Edna Cardozo Dias:

“O útero da Terra, assim é chamada a cidade de São Tomé das Letras, por alguns místicos. Conta a lenda, que a gruta do Carimbado, localizada a 4 km da cidade abriga labirintos que jamais foram explorados totalmente, e que são um elo de ligação com a cidade sagrada dos incas, Machu Picchu. Enquanto Cusco, que em quechua siginifica umbigo, seria o centro da vida, São Thomé seria o útero do mundo.”

Se é verdade comprovada acho que não, mas em alguns momentos, ao caminhar dentro da gruta, eu me lembrei de uma experiência e sensação similar que tive ao atravessar um pequeno túnel estreito no Peru. O curioso é que a máquina fotográfica registrou o aparecimento de bolas energéticas em algumas fotos, algo que também ocorreu em fotos tiradas em determinados locais do Peru.

O que eu sei é que a cada vez que eu vou a um lugar assim, eu volto com a sensação e disposição de mudanças pessoais positivas. E para finalizar, como também para melhor entendimento, eu cito o que Allan Lopes Pires escreveu sobre lugares de poder:  “Lugares de poder são pontos na superfície do planeta que incentivam um aumento de consciência nos seres humanos. Estes pontos de alta energia tem a capacidade de ressonar com partes específicas do nosso corpo, realinhando-as e permitindo a instalação de um processo de cura física ou sutil, ou simplesmente incrementando nossa conexão com o Céu e a Terra.”


Várias tribos reunidas na Casa de Pedra para verem o pôr do sol


Num lugar especial pra ver o pôr do sol…

O pôr do sol com uma forte luz na montanha registrada em várias fotografias  (a olho nu não se via essa luz)


Na Gruta Carimbado, algumas bolas de luzes…

Após passar por locais estreitos e muito úmidos realmente se sai “carimbado”  rsrs …(-:


Lugar de muitas tribos…

… tem espaço pra mexer o caldeirão com a bruxa…


Receber bençãos de Krishna…


… e ainda “encontrar ao vento”, o Ventania… uma personalidade quase folclórica em São Tomé rsrs  ( aí na sequência: André, esposa do Ventania, o Ventania e eu )

Enfim… um lugar com seus específicos poderes… Vale conferir!!


Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: