Archive for outubro, 2008

Massagem Ayurvédica

O desejo mais forte no homem é viver uma vida saudável, feliz e inspiradora, uma vida em abundância em todos os sentidos. Dentre essas coisas a saúde é a principal, porque sem ela não podemos nos sentir felizes ou inspirados. Uma das chaves para a boa saúde é ter um corpo no qual os nutrientes circulam adequadamente e as toxinas são eficazmente expelidas. O alimento nos fornece os nutrientes necessários, os exercícicos e a massagem nos possibilitam manter a circulação adequada; além disso a massagem exerce uma  função na limpeza e na manutenção da saúde do corpo. É essa função de limpeza que torna a massagem uma prática extremamente benéfica na promoção da inspiração e felicidade. Ela aciona as reservas internas do corpo, estimulando-o a processar as proteínas, converter diversas formas de açucar em glicose, e gerar diversas enzimas químicas. Quando adotada como prática diária, a massagem pode ajudar no rejuvenescimento do corpo.

Na Índia as massagens são feitas desde o momento do nascimento. Os bebês são massageados regularmente com óleos, e as pessoas sabem que como um bom amigo, a massagem proporciona alegria e relaxamento. A massagem funciona nos níveis físico e mental. Fisicamente ela auxilia todos os sistemas do corpo – o imunológico, respiratório, nervoso, endócrino, muscular, ósseo, digestivo e linfático. Ajuda a relaxar mentalmente e ajuda o corpo na auto-cura.

A massagem ayurvédica parte dos conhecimentos ayurvédicos. O termo Ayurveda é uma combinação de duas palavras: ayu(vida) e veda (conhecimento). Ou seja, é o “conhecimento da vida” e seus princípios são aplicáveis universalmente.

Respeitando a constituição de cada indivíduo,  seu biotipo ou dosha: vata, pitta ou kapha;  e utilizando óleos vegetais puros prensados a frio, e pós e ervas medicinais,  a massagem ayurvédica é uma prática terapêutica que interage na restauração do equilíbrio.

Segundo Osho :  “a massagem é uma das artes sutis – e ela não é somente uma questão de perícia. Ela é mais uma questão de amor. Na verdade, o toque é uma das linguagens mais esquecidas. Nós nos tornamos quase desconfortáveis no toque, porque a própria palavra foi corrompida pelas assim-chamadas pessoas religiosas. A massagem é entrar em sincronia com a energia do corpo de alguém e sentir onde ela está faltando, sentir onde o corpo está fragmentado e torná-lo completo… é ajudar a energia do corpo de modo que ela não seja mais fragmentada, não mais contraditória. Quando as energias do corpo estão alinhadas e se tornaram uma orquestra, então você teve sucesso”.

Referência Bibliográfica: – Manual de Massagem Ayurvédica – Técnicas Indianas Tradicionais para o Equilíbrio do Corpo e da Mente – Harish Johari

Sintonia com a Deusa – a essência divina feminina do universo

Grande Mãe! Peço-te a graça de ser teu reflexo entre os homens e mulheres da Terra.
Que eu veja o mundo com seus olhos.
Que eu tenha a iniciativa para guiar meu caminho pela estrada mais correta.
Conquistar sua proteção.
Fazer o que quiser, sem prejudicar ninguém.
Ter clareza para discernir a luz da treva.
Alcançar com êxito meus desígnios.
Preservar meus amigos.
Respeitar todo ser vivo na face da Terra e fora dela.
Levar o amor dentro e fora de mim.
Ter o amor mágico em meu corpo, alma e espírito.
Ser a virgem, a amante, a mãe, a sábia, ter mil nomes.
Expandir idéias e sentimentos em todos os corações.
Ter estabilidade em todos os níveis.
Lidar adequadamente com mudanças inesperadas.
Conquistar abundância e prosperidade em todos os níveis.
Ter em mim o poder da transmutação.
E também o encanto da sedução e da paixão.
Que eu possa sempre atravessar as brumas,
as fronteiras do tempo e do espaço
e que se revele o que me é permitido.

 

 

 

Pela Deusa eu caminho e  Dela recebo bençãos. E assim é.

 

Workshop O Sagrado Feminino – Resgate das Deusas Interiores

   

Estamos em um tempo de liberdade de expressão, liberdade de crenças e valores, mas mesmo assim alguns assuntos ainda são vistos com cautela por grande parte das pessoas. São os tais preconceitos, ou conceitos pré-concebidos, ou valores e crenças pré-estabelecidos por alguns dogmas; sabe-se lá bem o por quê.

    Quando se fala do Sagrado Feminino e do resgate das Deusas Interiores como harmonizadoras do universo feminino, alguns desinformados nem entendem que elas representam arquétipos femininos identificados até mesmo pelo papai da psicologia analítica: Carl Jung.

   Amy Sophia Marashinsky, em seu livro o Oráculo das Deusas, diz que: ” é importante as mulheres recuperarem a Deusa – não apenas uma Deusa, mas todas elas. Quanto mais Deusas conhecermos, mais poderemos celebrar, honrar e respeitar a diversidade do espírito feminino. Se festejarmos, honrarmos e respeitarmos a diversidade das Deusas, então poderemos fazer o mesmo por nós.

 Por que a Deusa? Porque somos mulheres, mulheres diferentes que precisam ver o Feminino Divino refletido de volta para nós – de nós para nossas Deusas e delas para nós. Porque todas as mulheres são a Deusa, e está na hora de nos vermos dessa maneira.

  O conhecimento e o encontro com os arquétipos das Deusas nos faz ir de encontro à nossa totalidade. E a jornada rumo à totalidade não é algo que se possa fazer da noite pro dia. É uma dança composta de vários passos, com vários parceiros, muitas voltas e rodopios, muitas músicas, muitos estilos. Ela é imprevisível e leva tanto tempo quanto for necessário.

  Totalidade é tudo que faz parte do modo como vivemos nossa vida. É o modo como enfrentamos os desafios e o que fazemos com eles. Totalidade é como dançamos a dança da vida. Dançamos com graça e felicidade? Ou dançamos com resistência e dificuldade? A nossa dança é aérea ou terrena? Fogosa ou aquática?

 A única coisa previsível na vida é que seremos desafiadas. É dessa forma que crescemos  e evoluímos. Como responder e o que fazer com esses desafios somos nós que decidimos. A totalidade começa quando reconhecemos isso e fluímos com esse conhecimento.

  O Trabalho com o Sagrado Feminino é um caminho para essa totalidade, que diz respeito a reintegrar os apectos da personalidade  num modo de ver a vida que é transformador e ativo!

 A partir do final de Jjaneiro de 2009, começaremos um trabalho com o Sagrado Feminino em Patrocínio. Serão 13 encontros baseados no calendário Maya, nos ciclos lunares e femininos de 28 dias, ou seja, será um trabalho desenvolvido ao longo de 1 ano, onde nós mulheres, estaremos juntas nesse caminho de transformação e totalidade! Você é convidada a participar desse Círculo de Mulheres! Seja Bem-Vinda.

 

Maiores informações pelos fones (34) 3831-9745 / 8861-6164 / ou e-mail mirianchma@gmail.com – Mirian