Feng Shui – A Influência da Casa na Vida das Pessoas

       O termo Feng Shui infelizmente ainda é pouco conhecido e pouco entendido pela maioria das pessoas.

       Por que eu digo pouco conhecido? Por que muitas pessoas realmente desconhecem até mesmo o termo e perguntam: “O que é isso mesmo?!”

       Por que eu digo pouco entendido? Primeiro porque quando falamos que o Feng Shui trabalha com harmonização da energia, do Qi no ambiente, a maioria das pessoas já tendem a imaginar algo esotérico, e também, mesmo conhecendo o termo, a maioria logo o associa ao Feng Shui do Chapéu Preto, que é o Feng Shui geralmente encontrado em revistas.

       Por que eu reforço que isso significa pouco entendimento? Porque esse não é o Feng Shui Tradicional existente há milhares de anos na China. O Feng Shui Tradicional trata-se de uma técnica baseada em princípios de análises, cálculos, estudo detalhado de um imóvel onde se leva em consideração a localização, o posicionamento da construção em relação ao eixo magnético, a distribuição dos cômodos e aberturas como janelas e portas, a influência do fator tempo referente à finalização da construção ou grandes reformas, a influência do período que estamos vivendo e que se modifica a cada vinte anos, a influência do ano e ainda a correlação com o ano de nascimento dos moradores. Ou seja, é um trabalho baseado em princípios sólidos, que requer um estudo minucioso de um imóvel, e não algo intuitivo.

        E por que eu digo que infelizmente a maioria das pessoas desconhece o Feng Shui? Digo isto porque na verdade desconhecem também que um imóvel influencia diretamente nas probabilidades de acontecimentos negativos e positivos na vida das pessoas que ali vivem e trabalham.

        Falo isso com segurança, pois, por experiência própria e recente, ao fazer análises de plantas de casas, dentro de um grupo de estudos dirigido por Marcos Murakami (arquiteto, consultor e mestre de feng shui); a vida dos moradores (no caso de cada um de nós do grupo de estudo) foi totalmente descrita.

        Embora   o Feng Shui seja um tanto quanto ainda desconhecido para os ocidentais; na China essa técnica tem um grande respaldo. Em recente viagem a esse país, Marcos Murakami ( www.institutoeq.com.br ) visitou pontos estratégicos, juntamente com outros mestres dessa arte. Visitaram a Central do HSBC em Hong Kong. O Banco é todo construído com a técnica do feng Shui, com um uso consciente das potencialidades dessa harmonização. E mesmo que as demais agências do HSBC no mundo não estejam cosntruídas com o uso dessa técnica; a Central está estruturada.

      Bem… e dicas?! Sempre gosto de passar alguma, e aqui nesse caso realmente é preciso uma análise bem feita do imóvel, com princípios de estudos que chamamos de Estrelas Voadoras. Como dica, o que vou fazer é comentar um pouco sobre o período que estamos, para que as pessoas possam entender um pouco a influência dos períodos na conjunção  geral dos fatos, na própria vida.

       Estamos num período que começou em 2004 e irá até 2024. Ele está regido pelo que chamamos de Estrela 8. Mas primeiro vou falar algumas características do período da Estrela 7, que finalizou, e que pode ainda ressoar um pouco. Falarei até mesmo para que as pessoas possam fazer uma análise de como eram suas vidas nesse período e como estão agora.

       O período de 1984 a 2004 foi relacionado à Estrela 7. Essa Estrela está ligada à expansão das tecnologias de comunicação, às pesquisas esotéricas, à riqueza rápida, à sexualidade, um período especulativo, superficial. Foi um período virtual, por isso, com a mudança da regência do período para a Estrela 8, o que veio rápido, sem bases sólidas, não terá  mais a mesma expansão.

       No período que estamos, a Estrela 8 marca a evolução consistente, há uma introspecção, uma busca consciencial. É um período de muitos questionamentos, de sabedoria e espiritualidade, de uma transmutação do ruim para o bom. Não há mais os “meios termos”, as pessoas buscam a segurança, a qualidade, a solidez.

       A esta estrela que é pulsante em um período damos o nome de Estrela Wang. Com o trabalho do Feng Shui, pelo método das Estrelas Voadoras, sabemos em quais setores da residência esta estrela está influenciando seja em questões de prosperidade, seja em questões de relacionamento/saúde. Fazendo harmonizações, você aproveita o fluxo do Qi no imóvel de forma que você usufrui positivamente o potencial das probabilidades.

     Por isso, minha dica mais importante é: se você vai investir em um imóvel, seja ele de moradia ou de trabalho, se você vai adquirir, reformar ou construir, se você busca qualidade de vida e expansão, então invista numa harmonização com o Feng Shui.

      Sob esses princípios, o trabalho de um bom consultor é primordial. Poderíamos dizer que, assim como o médico e o terapeuta cuidam da saúde do corpo de uma pessoa, o consultor de Feng Shui , bem como o geobiólogo, têm o mesmo trabalho com um imóvel, ao analisar, diagnosticar o que está errado e prescrever tratamentos, medicamentos que curem e reforcem a saúde do mesmo.

       Mas lembre-se que tudo está interligado: Homem – Céu – Terra. É importante levar em consideração e buscar a harmonização das energias que se interligam: a energia Humana – Ren Qi (cuidar do corpo e das ações), a energia do Céu – Tian Qi (aproveitar o momento presente de acordo com a evolução do Qi) e a Energia da Terra – Di Qi (cuidar do ambiente)

Mirian Menezes  

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: